Astrônomos descobriram uma galáxia que eles acham que pode ser feita de 99,99 por cento de matéria escura! Chamada Dragonfly 44, situa-se mais de 300 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Coma, mas é estranhamente desprovida de matéria “normal” – que leva os astrônomos a sua conclusão.

A galáxia é descrita em um novo estudo publicado no Astrophysical Journal Letters; Tem uma massa semelhante à nossa própria Via Láctea, a cerca de 1 trilhão de vezes a massa do Sol Mas as estrelas, e outras matéria normal, representam apenas 0,01 por cento da massa da galáxia. Na verdade, ela tem 100 vezes menos estrelas do que a Via Láctea.

galáxias menores foram encontradas com uma composição semelhante, galáxias normalmente ultra-fracas anãs cerca de 10.000 vezes menos maciça, mas uma deste tamanho é um achado raro.

“Logo após a sua descoberta, percebemos que esta galáxia tinha que ser mais do que os olhos poderiam ver”, disse o astrônomo da Universidade Yale Pieter van Dokkum, que conduziu o estudo, em um  comunicado. “Essa galáxia tem tão poucas estrelas que ela poderia rapidamente  se espalhas a menos que algo esteja mantendo-a junta.”

A galáxia foi estudada em detalhe utilizando o telescópio Gemini Norte eo Observatório WM Keck, em Mauna Kea, Havaí, depois de ter sido visto pelo Sloan Digital Sky Survey. Considerando seu tamanho, a galáxia é excepcionalmente fraca, parecendo como uma mancha escura, em vez de algo brilhante como a nossa Via Láctea.

Mas não se sabe como isso aconteceu. “Nós não temos nenhuma ideia de como galáxias como Dragonfly 44 poderiam ter se formado”, co-autor Roberto Abraham, da Universidade de Toronto.

A matéria escura é detentora de mais de 90 por cento do universo, mas ainda temos de observa-la diretamente. Objetos como este, no entanto, nos dão uma boa indicação de que ela definitivamente está lá fora; sem ela, esta galáxia iria simplesmente se afastar.

Encontrar mais galáxias como esta, e talvez algumas que estão mais perto de casa, poderiam nos aproximar de encontrar uma partícula de matéria escura.

Fonte