Em 2003 a sonda da NASA transmitiu seu último sinal para a Terra!

Lançada em 1972, a Pioneer 10 foi a primeira invenção humana que conseguiu atravessar com sucesso o cinturão de asteroides e chegar até Júpiter, objetivo principal de sua missão.

Em meados de 1983, estabeleceu um novo marco ao ser a primeira sonda de fabricação humana capaz de atravessar a órbita de Netuno, considerado o planeta mais distante do Sol. No entanto, desde 2003, quando um fraco sinal foi enviado à Terra, não foi possível mais contatar a sonda, que permanece desaparecida e viaja em direção à estrela Aldebarã, na constelação Taurus, onde deverá chegar dentro de 1,6 milhão de anos.

A Pioneer 10 não representa somente um elemento de estudo do espaço profundo, mas também uma espécie de ”mensagem na garrafa” interestelar, pois ela possui uma placa de alumínio anodizado em ouro e com uma mensagem inscrita destinada a qualquer civilização extraterrestre que consiga interceptá-la. A informação é sobre a espécie humana e mais algumas informações, como você pode ver na imagem.

A placa foi projetada pelo astrônomo e divulgador científico norte-americano Carl Sagan, em colaboração com o astrônomo Frank Drake, que estavam cientes da possibilidade de contatar alguma raça alienígena. A teoria que afirma que a vida na Terra teria sido semeada por alienígenas ancestrais é um marco de referência para a mensagem carregada pela emblemática Pioneer 10, agora desaparecida no espaço interestelar.

Confira a estrutura da Pioneer 10

Fonte