Existem muitas datas importantes na história, um lembrete constante de melhores e piores momentos cruciais. Mas alguns dias que não estão nos livros de história são, igualmente importante.

23 de maio de 1967, é um desses dias: naquele dia, os radares de vigilância dos Estados Unidos em regiões polares pareciam estar travados, o provável culpado seria a União Soviética preparando um ataque. Mas a causa disso foi uma poderosa tempestade solar. Os militares conseguiram avisar a real causa bem a tempo de evitar quaisquer hostilidades entre as duas superpotências.

Em um artigo publicado em Space Weather , uma revista da American Geophysical Union, Reformados da Força Aérea dos EUA discutiram que a tempestade geomagnética traria consequências potencialmente desastrosas. A pesquisa destaca a importância da previsão do clima espacial tanto na vida civil e militar.

“Se não fosse pelo fato de que tínhamos investido muito cedo nas observações de tempestades solares e geomagnéticas e previsão, o impacto [da tempestade] provavelmente teria sido muito maior”, disse Knipp em um comunicado.

Os militares dos EUA começaram a monitorar a atividade solar e clima espacial na década de 1950 mais tarde e na década de 1960, a previsão foi uma constante atividade realizada no NORAD, o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte , com a US e esforço canadense de defesa aérea conjunta.

Em 18 de maio de 2013, os meteorologistas solares em NORAD notaram um aumento no número de manchas solares. Até 23 de Maio, observadores e analistas viram um crescimento na emissão de rádio de nossa estrela, bem como uma labareda solar brilhante. As labaredas solares podem gerar fortes ventos de partículas carregadas que criam tempestades geomagnéticas, que podem interferir seriamente com a eletrônica da Terra.

Isto fez com que a aparente interferência de radares no auge da Guerra Fria, bloquear um radar era considerado equivalente a um ataque físico. Os comandantes militares tiveram que pensavam que era um ataque iminente sempre que uma tempestade solar ocorria.

Felizmente, o relatório de um coronel do exercito, juntamente com informações de outros observatórios fez os comandantes cancelarem um ataque á US a tempo de começar a 3ª guerra mundial, e essa terça-feira poderia ter ido para a história de uma forma muito diferente.