ATENÇÃO: Este artigo descreve uma teoria, por isso algumas coisas estão sem explicação e talvez com o tempo essa teoria venha por decair.

Embora a gravidade é a força mais popular e conhecida no universo, ela ainda é um problema para os físicos teóricos, uma vez que há muito tem desafiado a sua inclusão na mecânica quântica. Outro problema é a matéria escura. única que interage com gravidade e também desafia o modelo padrão da física de partículas.

Professor Erik Verlinde, um pesquisador do Instituto Delta de Física Teórica em Amsterdam, acredita que a gravidade não é uma força real do universo, mas um efeito devido ao aumento da entropia do universo. Em seu último papel, que está disponível no arXiv, mas ainda está para ser revisada por pares, o cientista afirmou que este “emergente” (e não real) força da gravidade tem um componente desconhecido que se comporta como matéria escura.

“Temos provas de que essa nova visão de gravidade realmente se encaixa com as observações”, disse Verlinde em um comunicado. “Em grandes escalas, ao que parece, a gravidade simplesmente não se comporta da maneira como a teoria de Einstein prevê.”

A relatividade geral de Einstein concorda muito bem com observações de grande escala, mas no papel; Verlinde admite que a ideia deste componente gravitacional desconhecido precisa responder a várias perguntas antes que seja capaz de ser tão bem sucedido em explicar o início do universo e a cosmologia em larga escala como a atual teoria da gravidade.

A teoria da gravidade entrópica foi proposta pela primeira vez por Verlinde em 2010 e publicado no Journal of High Energy Physics em 2011. A ideia proposta foi bem acolhida por alguns como uma nova abordagem para o problema de gravidade na mecânica quântica.

Outros foram mais céticos e inventaram maneiras de ver se a gravidade poderia realmente ser um fenômeno emergente. Em 2011, Archil Kobakhidze da Universidade de Melbourne analisou a forma como a gravidade afeta partículas fundamentais. Seus resultados suportam a ideia de que a gravidade é uma força real.

Entropia gravitacional é interessante porque é capaz de reproduzir as leis da gravitação de Newton e as equações de campo de Einstein, termodinâmica e os princípios da mecânica quântica, mas a teoria em si não faz previsões de modo que poderia ser provada ou reproduzida.

Relatividade geral de Einstein está constantemente sendo testada, e descobertas como ondas gravitacionais têm apenas reforçado o seu papel como ainda a melhor teoria da gravidade que atualmente possuímos.

Fonte

 

 

Carregando...