Batatas. Marte. Vamos lá, se tem algo em que você possa estar pensando sobre isso, são as façanhas de Mark Watney no filme “Perdido em Marte” enquanto ele lutava para sobreviver no Planeta Vermelho. E agora um estudo sugeriu que, sim, poderíamos realmente cultivar batatas em Marte.

A pesquisa foi realizada pelo Centro Internacional da Batata, ou CIP (sim, é uma coisa real), localizado em Lima, Peru. No ano passado, eles começaram a coletar solo do deserto de Atacama em parceria com a NASA para replicar as condições em Marte, considerado o solo mais parecido com Marte na Terra.

Esta é agora a Fase Dois do projeto, onde os pesquisadores usaram um CubeSat – essencialmente uma caixa – para recriar as condições atmosféricas de Marte. Isso incluiu imitar a temperatura do dia e da noite, a pressão do ar e os níveis de oxigênio e dióxido de carbono.

Os resultados mostraram que as batatas são realmente capazes de sobreviver às duras condições em Marte. Os tubérculos foram encontrados crescendo no solo, enquanto a planta brotou acima do solo. Uma das variedades com melhor desempenho neste experimento foi uma batata tolerante ao sal adaptada para planícies subtropicais.

Isso será importante não só para as futuras missões de Marte, mas também para ver como as batatas vão lidar com a Terra em áreas afetadas pelas mudanças climáticas. O CIP diz que as batatas são particularmente boas em adaptar-se a condições extremas.

Você pode assistir a um fluxo ao vivo do experimento – e ver um time-lapse das batatas crescendo no link potatoes.space/mars.

batatas gif

“Cultivar culturas em condições similares a Marte é uma fase importante desta experiência”, disse Julio Valdivia-Silva em um comunicado, um pesquisador associado do Instituto SETI e da Ames Research Center da NASA, que estava envolvido no estudo. “Se as culturas podem tolerar as condições extremas a que estamos expondo em nosso CubeSat, elas têm uma boa chance de crescer em Marte. Vamos fazer várias rodadas de experiências para descobrir quais as variedades de batata são melhores. “Queremos saber quais são as condições mínimas que uma batata precisa para sobreviver”.

Por que batatas? Bem, de acordo com o criador de batata CIP, Walter Amoros, elas têm uma grande capacidade genética para adaptação a ambientes extremos, e elas também têm grande valor nutricional. Além disso, você sabe, há todo o fator do “Perdido em Marte”. No entanto, os futuros exploradores de Marte não serão capazes de apenas colocar as batatas no chão e esperar que elas cresçam.

O CIP disse que eles precisam preparar o solo com uma estrutura solta e nutrientes para garantir que os tubérculos obtenham bastante ar e água.

Agora, tudo o que precisamos fazer é realmente obter seres humanos para ir a Marte, em primeiro lugar, aí quem sabe tentar cultivar batatas.

Fonte: IFLScience

Carregando...